23/02/2024 +55 (92) 984094522

Giro no Norte

Atleta indígena do tiro com arco é promessa para Olimpíadas de Paris 2024

No dia 19 de abril é comemorado o Dia dos Povos Indígenas e, representando suas raízes, Gustavo dos Santos busca vaga nos jogos olímpicos de 2024

Por Giro do Esporte 19/04/2023 às 15:50:32

FOTOS: Rudson Renan /Faar

Gustavo dos Santos, arqueiro da etnia Karapãna, faz parte do Projeto Amazonas nas Olimpíadas de Paris 2024.

Gustavo é natural da comunidade Nova Cannã, nas margens do Rio Cuieiras, no interior do Amazonas, e começou a praticar arco e flecha em 2014 por meio de um projeto esportivo local.

Com o apoio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), ele se prepara para conseguir uma vaga no próximo ciclo olímpico, tendo vários títulos nacionais e internacionais em sua carreira esportiva.

Sandro Viana, o coordenador do projeto e medalhista olímpico, afirmou que o investimento do governo no esporte indígena é evidenciado pela participação de Gustavo no projeto e sua posição como segundo melhor atleta do Brasil no tiro com arco.

Ele já ganhou vários títulos, incluindo medalhas no Campeonato Brasileiro em 2018 e nos Jogos Sul-Americanos em 2018, onde ganhou a medalha de prata na Bolívia, e ficou em quarto lugar nas classificatórias para as Olimpíadas de Tóquio.

Gustavo participará da seletiva para o Pan-Americano no Rio de Janeiro, em maio, que é uma etapa classificatória para o Campeonato Mundial de Tiro com Arco na Colômbia e Paris, que ocorrerá em junho e julho.

Em dezembro, haverá uma competição nacional em Maricá (RJ), onde os três melhores no ranking se classificarão para a Seleção Olímpica Brasileira de Tiro com Arco.









Fonte: Assessoria de Comunicação da Fundação Amazonas de Alto Rendimento

Comunicar erro
Comentários